Menu
Carbel

Porque o celular demora a carregar no carro?

Um dos principais problemas enfrentados por praticamente todo mundo que conta com um Smartphone mais moderno está diretamente com a bateria e com o seu tempo de duração.

Afinal de contas, os celulares acabaram concentrando uma grande quantidade de utilidades, ao mesmo tempo que as baterias não evoluíram o suficiente.

O resultado é que as pessoas estão sempre procurando por um ponto de energia para carregar o Smartphone, especialmente entre aquelas que ficam o dia inteiro fora. E o carro acabou aparecendo como uma alternativa interessante para carregar os aparelhos, uma vez que eles contam com saídas de energia instaladas estrategicamente.

O sistema elétrico do carro, formado basicamente por bateria e alternador, têm objetivos mais "nobres" do que gerar energia para portas USB.

A bateria, por exemplo, tem a função de alimentar sistemas eletrônicos como faróis e rádio quando o carro está desligado e também é a responsável por movimentar o motor de arranque e alimentar o sistema de injeção eletrônica quando o veículo está em funcionamento.

Já ao alternador cabe converter energia cinética, proveniente do giro do motor, em elétrica. Com isso, ele recarrega a bateria e também alimenta sistemas elétricos do carro quando ele está em funcionamento.

O resultado disso é que a corrente de energia, medida em amperes, é bem baixa em portas USB dos carros – de acordo com testes do site How-To Geek, geralmente não passa de 0,5A nestas conexões.

 Com pouca carga, essas portas têm uma função mais ligada à conexão dos celulares com os sistemas de entretenimento do carro do que à recarga desses aparelhos. 


Código de Conduta Ética Canal Denúncia